Profissionais da Bristol acompanham atendimentos da Arte Despertar nos hospitais

01/10/2017

bristol-1

Os arte-educadores contaram com uma ajuda especial nos últimos dias 26, 27 e 28 de setembro, nos atendimentos realizados no Instituto do Câncer de São Paulo (Icesp), Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer (Graacc) e Hospital Infantil Darcy Vargas.

Profissionais da Bristol, que é uma das patrocinadoras do Projeto Promovendo Cultura nos Hospitais, acompanharam de perto o trabalho e ajudaram a embalar as canções e histórias selecionadas especialmente para se conectar às histórias de vida dos pacientes. No total, participaram das visitas 30 colaboradores, divididos em turmas de duplas e trios em períodos diferentes.

“Foi uma experiência incrível de valorização da vida, é uma lição de vida. É aí que a gente valoriza cada passo que a gente dá, a liberdade que a gente tem, a saúde, a liberdade de ir e vir. Quando você se depara com uma realidade como esta e vê crianças tão frágeis, suas famílias tão fragilizadas, você percebe o poder que a gente tem de trazer conforto e esperança para eles”, relatou Ana Baldini, da área de Tecnologia da Informação, após visita ao Graacc.

A força dos pacientes em tratamento de doenças raras serviu de inspiração para Karine Cândido, da área de Pesquisa da empresa. “Estar aqui hoje foi uma experiência incrível. Ter a oportunidade de conversar um pouquinho com cada pessoa, ouvir a história de onde elas vieram, qual a situação que elas estão passando. Como mexe com a gente como ser humano. É uma lição de vida ver que as pessoas, em meio a tanta dificuldade, ainda têm força.”

Igualmente impressionada ficou Patrícia Lázaro, da área de Comunicação da Bristol, ao observar a perseverança dos pacientes durante o tratamento. “Foi minha primeira experiência com pacientes com câncer. Tirou muito daquele paradigma que a gente tem de ambientes extremamente tristes e pessoas muito debilitadas. Quando você vê de perto a coisa não é assim, tem muito esse lado de esperança, perseverança”, analisou ela, que visitou o Icesp.

Para Cristiane Oliveira, da área de Recursos Humanos da Bristol, a sensibilidade dos arte-educadores foi o que mais chamou a atenção durante o atendimento no Tide Setúbal. “Os profissionais da Arte Despertar são muito sensíveis, preparados para esse tipo de trabalho mesmo. Quando se entra no hospital, nunca se sabe o que pode acontecer naquele momento, que tipo de situação você vai enfrentar. E eles são sensíveis, têm jogo de cintura e estão realizando um bom trabalho.”

Já Talita de Paula, da área de TI, relacionou o trabalho nos hospitais com a missão da Bristol. “Foi uma experiência incrível e única porque conseguimos ver um pouco o lado do paciente. Hoje, trabalhando na Bristol, a gente vê como é que se faz para se ter um remédio, tentar ter uma solução para aquele paciente, mas poucas vezes a gente vê o lado do paciente. Para que esse trabalho, que é superimportante, aconteça, ele precisa de patrocínio. É importantíssimo que uma empresa que hoje trabalha desenvolvendo medicamentos que ajudem a curar pessoas com esse tipo de doença, apoie projetos que ajudem os pacientes a passar por esse processo. É incrível.”

bristol-2O Projeto Promovendo Cultura nos Hospitais é realizado pela Arte Despertar via Lei Rouanet e conta com o patrocínio de pessoas físicas e das seguintes empresas: ABL Antibióticos do Brasil, Bexs Banco de Câmbio, Brabus Mitsubishi Motors, Bristoll Myers Squibb Brasil, Central de Funcionamento (CDF), Companhia Melhoramentos Norte do Paraná, Companhia Nitro Química Brasileira, Consigaz Distribuidora de Gás, Droga Raia, Grupo Ultra, Sandoz do Brasil Farmacêutica e Veirano Advogados.

Os atendimentos são realizados duas vezes por semana, em dois períodos diferentes, em sete hospitais da capital paulista: Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer (GRAACC), Hospital Infantil Darcy Vargas, Hospital Municipal Tide Setúbal, Instituto Central do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP), Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (Incor) e Santa Casa de Misericórdia de São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado


5 − = 2

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>